quarta-feira, 25 de julho de 2012

Cuidado com aquele bife suculento!


Picadas de carrapatos podem causar alergia à carne vermelha


http://www.laboratoryequipment.com
Se você é um amante de um bom bife, cuidado. Um artigo de Susan Wolver e Sun Diane, da Virginia Commonwealth Univ , e seus colegas, explicam o porquê se você foi picado por um carrapato pode vir a desenvolver uma alergia a carne vermelha. 
Seu artigo elucida essa conexão e discute o caminho da descoberta. 
Seu trabalho aparece online no Journal of Internal Medicine Geral , publicado pela Springer . 


Chamada de anafilaxia atrasada – é uma grave reação alérgica com risco de vida – essa síndrome foi recentemente identificada no sudeste dos Estados Unidos. Os pacientes podem acordar no meio da noite, com urticária ou anafilaxia, geralmente de três a seis horas depois de ter comido carne vermelha no jantar. Até recentemente, a ligação entre a ingestão de carne vermelha e anafilaxia permanecia um mistério.
Wolver, Sun e seus colegas analisaram e estudaram três casos de pacientes, lançando uma luz sobre esta reação. 
Acredita-se ser causada por anticorpos para um tipo de hidrato de carbono o (alfa-gal) que são produzidos no sangue de um paciente, em resposta a uma picada de carrapato, especificamente o carrapato solitário da estrela solitária (Amblyomma americanum). 
Este hidrato de carbono está também presente na carne. Quando um indivíduo que foi mordido por um carrapato come a carne, o seu sistema imunológico, ativa a liberação de histamina - um composto encontrado em tecidos de mamíferos que provoca a dilatação dos capilares, a contração da musculatura lisa e estimulação da secreção de ácido gástrico, que é libertado durante as reações alérgicas, em resposta à presença de alfa-gal, o que pode causar urticária e anafilaxia.
Os autores concluem, “Onde os carrapatos são endêmicos”, por exemplo, no sudeste dos Estados Unidos, os clínicos devem estar cientes dessa nova síndrome, quando um paciente apresentar quadro de anafilaxia a orientação atual é para aconselhar os pacientes a evitar toda a carne de mamíferos - vaca, porco, cordeiro, entre outros. 

Fonte: Springer

Acesso em 25/07/2012.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...