domingo, 18 de março de 2012

Ligação Iônica


Ligação iônica
Normalmente reação química entre metais alcalinos (Li, Na, K) e halogênios (F, Cl) leva a formação de sais que, se dissolvidos em solução aquosa, conduzem eletricidade. Esta é uma evidência de que os sais são formados por íons. Seria então a energia de coesão de um sal oriunda de interações eletrostáticas?
Para respondermos a esta questão, precisamos inicialmente compreender o que é energia de rede. Seja o sal de cozinha, NaCl, formado a partir do cátion Na+ e do ânion Cl–, respectivamente:
Imagem de dois íons, por exemplo Na+ e Cl- formando uma ligação iônica. Os orbitais eletrônicos geralmente não se sobrepõem (i.e., orbitais moleculares não são formados), devido ao fato de que cada íon chega ao estado energético mais baixo e a ligação é baseada somente (teoricamente) em interações eletrostáticas entre os íons positivo e negativo.

Outro exemplo de ligação iônica:
De maneira análoga podemos observar a ligação entre o flúor (Z=9)  e o alumínio (Z=13). O alumínio perde os três elétrons de sua última camada, pois a penúltima já possui os oito elétrons necessários. Como o átomo de flúor possui 7 elétrons em sua última camada, precisa de apenas mais um elétron. São necessários três átomos de flúor para acomodar os três elétrons cedidos pelo alumínio.

AlF3

Para reforçar a aprendizagem tente resolver os exercícios que estão no link abaixo:


Abraços pessoal!!








2 comentários:

  1. Olá, tenho uma dúvida.
    Na ligação entre o alumínio e o oxigênio, o oxigênio tem 4 elétrons na última camada, como seria então a ligação? Teríamos um átomo a mais de alumínio para completar a ligação com o oxigênio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o oxigênio tem 6 eletrons na ultima camada Z=8 1s2 2s2 2p4

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...