quinta-feira, 29 de março de 2012

Alcarel - Você conhece?


A rede de transmissão de energia elétrica usa transformadores de grande porte com capacidade elevada operando ininterruptamente durante anos. A durabilidade e o funcionamento adequado destes aparelhos depende de um eficiente sistema de isolamento e refrigeração, os quais são realizados por fluidos com propriedades tais como alta constante dielétrica e elevada estabilidade térmica. Até o início da década de 80 os fluidos usados para esta finalidade eram compostos organoclorados conhecidos por PCBs ("PolyChlorinated Biphenyls"), ou bifenilas policloradas. Os PCBs foram produzidos por várias empresas internacionais com diferentes nomes, tais como: ascarel ou askarel, fenoclor, aroclor, entre outros, sendo comercializados no Brasil como ascarel. A nomenclatura para definir sua composição possui características próprias com 4 dígitos, como por ex., aroclor 1254. Os dois primeiros algarismos representam o tipo molecular (12 átomos de carbono) e os dois últimos a porcentagem de cloro na composição do produto comercial. Assim, o produto aroclor 1254 é uma mistura de bifenilas policloradas contendo 54% de cloro1-4.

O ascarel é comercializado como sendo uma mistura composta de 75% da espécie aroclor 1254 e 25% de triclorobenzeno. Outros tipos também são conhecidos como ascarel do tipo A, 60% da espécie 1260 e 40% de triclorobenzeno; e ascarel do tipo B, 70% da espécie 1254 e 30% de triclorobenzeno4. Devido à sua alta toxicidade e risco ao meio ambiente o uso dos PCBs foi proibido no Brasil a partir de 1981, através da Portaria Interministerial nº19, de 2 de Janeiro de 19811-5.
A substituição do ascarel na indústria de transformadores foi feita preferencialmente pelo líquido de silicone ou "óleo silicone". No entanto, no processo de substituição, em alguns casos, ocorreu a contaminação do óleo silicone por ascarel devido à falta de critérios técnicos. Desta forma, muitos dos grandes transformadores ainda em operação no Brasil estão contaminados com ascarel em níveis acima dos permitidos pela legislação vigente6.
Atualmente para o setor de transmissão de energia elétrica7, são considerados equipamentos elétricos isentos de ascarel aqueles cujo óleo mineral isolante contenha teores inferiores a 3,0 mg mL-1, não contaminados com valores inferiores a 50 µg mL-1 e contaminados entre 50 500 µg mL-1.

Continue a leitura...click no link abaixo:


Química Nova - Ascarel determination in insulating oil of transformers

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-40422001000300016&script=sci_arttext

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...