sábado, 11 de junho de 2011

Elementos Químicos 114 e 116 são adicionados a Tabela Periódica.

Não há nomes permanentes ainda para elementos 114 e 116

A Associated Press   Posted: 9 de Junho de 2011 10:13 AM ET   Última atualização: 9 de Junho de 2011 2:27 PM ET

Início da história.
Eles existem por apenas segundos na vida real, mas eles já ganharam imortalidade em Química: dois novos elementos foram adicionados à tabela periódica.

Os elementos foram reconhecidos por uma Comissão Internacional de físicos e químicos. Eles são chamados de elementos 114 e 116 por enquanto — permanentes nomes e símbolos serão escolhidos mais tarde.

Os cientistas produzem nos laboratórios por esmagamento de átomos de outros elementos para criar os novos.

"Nossos experimentos durar por muitas semanas e normalmente, podemos fazer um átomo cada semana ou assim," disse químico Ken Moody do laboratório nacional Lawrence Livermore, que tem parte da equipe da descoberta.

Em contraste com elementos mais familiares como o carbono, ouro e estanho, os novos têm vida curta. Átomos de 114 desintegrar-se dentro de alguns segundos, enquanto 116 desaparece em apenas uma fração de segundo, disse Moody.

Os dois elementos foram descobertos por uma colaboração de cientistas de Livermore e Joint Institute for Nuclear Research em Dubna, perto de Moscou. Eles fizeram-lhes por esmagamento de  íons de cálcio em átomos de plutónio ou outro elemento, cúrio. O reconhecimento oficial, anunciado na semana passada, cita experiências feitas em 2004 e 2006.

Na tabela periódica, o número de um elemento refere-se ao número de prótons no núcleo de um átomo. Liderando a lista é o hidrogênio (H) com um. Sódio (Na) tem 11, ferro (Fe) tem 26 e prata (Ag) tem 47.

Nos últimos 250 anos, novos elementos foram adicionados à tabela sobre cada anos 2 ½ em média, disse Paul Karol da Carnegie Mellon University. Ele presidiu o Comitê que reconheceu os novos elementos.

113 e 115 ainda não foram aceitos

Apesar do número 116, as novas adições trazem o número total de elementos reconhecidos para apenas 114. Isso é porque elementos 113 e 115 ainda não foram oficialmente aceitos.

Moody ' S disse que ele não falou aos seus colegas sobre o elemento de nomes para propor a um grupo internacional de cientistas para aprovação. Ele sabe que os nomes devem terminar em "IO".

Clique para ampliar a imagem da tabela periódica completa, incluindo elementos 114 e 116, bem como alguns elementos novos que ainda não foram oficialmente aceites. (wikimedia Commons)


O site de tecnologia TG Daily informou que os novos elementos são susceptíveis de ser nomeado flerovium, após o físico nuclear soviético Georgy Flyorov e moscovium, após a capital russa.

Por enquanto, os elementos têm nomes temporários derivadas de seus números.
Nas últimas décadas, novos elementos geralmente têm sido nomeados para cientistas famosos, produzindo tais identificadores de origem como nobélio e einstênio, notas de Peter F. Rusch, um consultor em Mountain View, na Califórnia, que preside a Comissão American Chemical Society nomenclatura, terminologia e símbolos.

Antes dos dois recém-chegados, a mais recente adição à tabela periódica veio há dois anos. Elemento 112 foi nomeado copernicium em homenagem ao astrônomo Nicolau Copérnico.


As informações foram extraídas do site: http://www.cbc.ca/news/technology/story/2011/06/09/science-elements-periodic-table.html acesso em 11/06/2011. O texto foi traduzido por meios eletrônicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...