terça-feira, 29 de março de 2011

ATIVIDADE DE QUÍMICA N° 10

Analisando o Rótulo:





Fórmula Infantil Acidificada



I) Questões:

a)      Qual a concentração em mol/L de cálcio, em uma mamadeira com volume de leite reconstituído de 200 ml?
b)      Qual a massa, em gramas, dos elementos pertencentes a família 2ª, em um volume de 200 ml (1 mamadeira)?
c)      Um bebê de 6 meses, seguindo a tabela de alimentação, qual será sua ingestão diária de Ferro, em gramas?


II) Responda:

a)      Qual o solvente que deve ser usado?
b)      Exemplifique detalhadamente como deve ser o preparo de uma mamadeira (200 ml de solução), quimicamente falando.
c)      Qual a concentração, em g/L, de ácido linoléico em 800 ml de fórmula reconstituída?
d)     Analisando a tabela periódica, identifique quais os elementos considerados metais que fazem parte da tabela nutricional da fórmula analisada.

III) Postagem: 
Divida a sala em quatro grupos e pesquise sobre as principais funções, em nosso organismo dos ácidos presentes na tabela nutricional. Cite alimentos que também sejam fontes desses ácidos. As respostas devem ser postadas no blog: ENSINO DE QUÍMICA - QUIMICA ENSINADA. Endereço para postagem: www.quimicaensinada.blogspot.com

Postar em:
ATIVIDADES DE QUÍMICA
Atividade n° 10
Em comentários da Atividade 10.
A postagem pode ser feita por um aluno do grupo que tenha acesso a rede.

12 comentários:

  1. Ácido pantotênico

    A vitamina B5, também conhecida como ácido pantotênico ou pantotenato (a união correspondente ao ácido pantoténico) é uma vitamina que ajuda a controlar a capacidade de resposta do corpo ao stress e no metabolismo das proteínas, gordura e açucares.
    Quimicamente, o ácido pantoténico é uma amida composta pelo ácido D-pantotênico e o aminoácido beta-alanina. O nome sistemático da forma biologicamente activa (o isómeroD; o isómero L não possui actividade biológica) é ácido 3-[(2R,4-dihidroxi-3,3-dimetilbutanoil)amino]propanóico.
    Principais funções
    O ácido pantoténico é essencial na síntese da coenzima A, sendo por isso uma vitamina essencial no metabolismo dos mamíferos.
    Ajuda a controlar a capacidade de resposta do corpo ao stress .
    Atua na produção dos hormôniossupra-renais.
    Na formação de anticorpos.
    Ajuda no metabolismo das proteínas, gorduras e açúcares.
    Auxilia a conversão de lipídeos , carboidratos e proteínas em energia.
    É necessária para produzir esteróides vitais e cortisona na glândula supra-renal.
    Principais fontes
    A vitamina B5 é encontrada no fígado, cogumelos cozidos,milho, abacate e carne de galinha, ovos, leite, vegetais, legumes e cereais de grão. Os vegetarianos, apesar de não ingerirem alimentos de origem animal, têm suas necessidades supridas em caso de praticarem dieta balanceada, orientada por um profissional da nutrição.
    Sintomas de deficiência
    Fadiga, má produção de anticorpos, cãibras musculares, dores e cólicas abdominais, insônia, mal-estar geral, fraqueza de unhas e cabelo.
    Referências bibliográficas:
    www.wikipédia.com
    Alunas:
    Fernanda de Lima N°07
    Gisele Balarin N°09
    Graziella Silva N°11
    Ingrid Suero N°12
    Marinara Yasmin N°18
    Vanessa Virginia N°25

    Série: 4°A

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Ácido Linoléico
    CLA ou Ácido Linoléico Conjugado é um termo que descreve os isómeros geométricos do ácido linoléico. Ele é formado na hidrólise de gordura dentro do rúmen, proveniente da bactéria anaeróbica ruminal Butyrivibrio fibrisolvens, é um ácido graxo poliinsaturado natural, encontrado em produtos lácteos (grande parte na gordura do leite) e carne de ruminantes (bovinos, bubalinos, ovinos e caprinos), pode-se encontrá-lo, também, em carne de cordeiro, na vitela e em menor grau na carne de suíno, frango, peru e em algumas fontes vegetais (JIANG et al, 1996; STEINHART, 1996; IP et al, 1999). A concentração de CLA varia nos alimentos, dependendo da espécie animal, do tecido e da dieta. Nos queijos, o teor de CLA varia de 3,6 a 8,0 mg/g de lipídio; no leite, de 3,4 a 6,4 mg; e na carne, de 2,7 a 5,6 mg. A manteiga contem cerca de 6,1 mg/g de lipídio, o que corresponde a 720 mg/100 g do produto.
    Esta substância tem sido associada à redução de gordura corporal, aumento do metabolismo e ganho de massa muscular, porém suas atribuições vão muito além. O ácido linoléico conjugado é indicado na proteção contra o cancro, combate ao colesterol, controle da diabetes além de ser considerado um excelente antioxidante (BAUMAN et al, 1998; LIN et al, 1999 JENSEN et al, 1991).
    As indústrias de suplementos têm confirmado e fotalecido as vantagens do CLA, aumentando assim a comercialização desse produto, já que ele aumenta a massa muscular e diminui a gordura corporal. evidências científicas obtidas em animais de experimentação e em humanos demonstra que a suplementação com CLA pode causar efeitos adversos.

    Fonte: http://www.webartigos.com/articles/22846/1/Suplementacao-Com-Acido-Linoleico-Conjugado/pagina1.html#ixzz1KSjOtyu7

    http://www.3fitness.com/2nutricao/cla.htm

    Alunos:
    Whendelly Lorena N°16
    Ana Cecília N°02
    Daniel Mariano N°06
    Paula Nayara N°12

    Série: 4°ano B.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Ácido Linoléico

    Ácido linoléico conjugado (CLA) e sua relação com a doença cardiovascular e os fatores de risco associados
    O termo CLA (ácido linoléico conjugado) corresponde a uma mistura de isômeros posicionais e geométricos do ácido linoléico, sendo que, dois destes isômeros (9c, 11t e 10t, 12c) possuem atividade biológica. Esta revisão aborda aspectos relacionados ao CLA (fontes, síntese, distribuição em tecidos humanos, atividades fisiológicas), bem como sua relação com as doenças cardiovasculares. A maioria dos estudos atribui efeitos benéficos associados com o consumo de CLA na redução de fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como redução de colesterol e triacilgliceróis plasmáticos. Outras pesquisas demonstram a redução de processos ateroscleróticos. No entanto, vários estudos indicam que o CLA não apresenta efeitos benéficos ou inclusive pode apresentar efeitos negativos. Portanto e a pesar do grande número de estudos relacionados ao CLA, considera-se prematura qualquer recomendação para a ingestão de estes compostos, além dos já presentes naturalmente nos alimentos de uma dieta variada.
    O CLA têm sido bastante utilizado como suplemento alimentar por atletas devido ao seu suposto efeito em aumentar a utilização de gordura pelo organismo e, desta forma, promover o emagrecimento e aumento de massa magra.
    Estudos com animais têm demonstrado resultados animadores na redução de gordura corporal.[1] Porém, os estudos em humanos não indicaram a mesma eficiência obtida em ratos. Os melhores resultados em humanos na diminuição da gordura corporal aconteceram naqueles que tinham deficiência de CLA no organismo, como por exemplo pessoas vegetarianas. Os obesos também conseguiram melhores resultados no uso do ácido linoléico conjugado na redução da gordura corporal.
    Além de reduzir a gordura corporal, o CLA também poderia ser útil para diabéticos ao ajudar a evitar a hiperglicemia.
    O Ácido Linoléico Conjugado tem sido vendido para praticantes de atividade física com alegações de que o produto auxilia na queima de gordura e no aumento de massa muscular. No entanto, ainda não existem dados que confirmem essas indicações.

    Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81cido_linoleico_conjugado

    Alunas:
    Aline Maia nº01
    Ana Flávia nº02
    Gleicielly nº10
    Jéssica Goulart nº13
    Neiryane nº20
    Renata Cristina nº22

    Série:4ºano "A"-Matutino

    Obs:desculpe se alguns números da chamada estiverem errados.

    ResponderExcluir
  6. O ácido fólico é efetivo no tratamento de certas anemias. Se a mulher tem ácido fólico suficiente durante a gravidez, essa vitamina pode prevenir defeitos de nascença no cérebro e na coluna vertebral do bebê, como a espinha bífida. Pois o acido fólico participa na formação do tubo neural no feto. O ácido fólico é uma vitamina do grupo B, a principal função desta vitamina é auxiliar na construção de outras moléculas, ela fornece unidades de carbono para formar componentes celulares como: DNA, metionina, aminoácidos. É encontrado em vísceras de animais, verduras de folha verde, legumes, frutos secos, grãos integrais e levedura de cerveja. Ele se perde nos alimentos conservados em temperatura ambiente e durante o cozimento. Ao contrário de outras vitaminas hidrossolúveis, é armazenado no fígado e sua ingestão diária não é necessária. Sua insuficiência nos seres humanos é muito rara.


    Alunas:

    Daniela Mariano nº05

    Lorranna Karolyne Oliveira nº08

    Patricia Fernanda Sumback nº10

    Thayza Silva Faria nº15

    4 ano B

    Obs: Professor, vejo que o senhor está ficando muito moderninho.

    Ahshauhsuhasuh Brincadeira (;

    ResponderExcluir
  7. Muito bem alunas. Gostei da pesquisa...

    Em uma próxima recomendo que as fontes de pesquisa sejam mais diversificadas, além da famosa "wikipedia".

    Obrigado!!

    ResponderExcluir
  8. Parabéns a todos os alunos do 4ºSérie A período matutino- 4ºSérie B período vespertino, pelas atividades postadas. Fico muito feliz com a contribuição de vocês.
    Qualquer dúvida estamos a disposição!!

    Um abraço do Prof° Ronaldo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. boa noite prof tem com consegui resposta dessas questoes de cima

      Excluir
  9. alguem consegui minda as resposta dessas questoes de cima

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...