terça-feira, 22 de março de 2011

ATIVIDADE DE QUÍMICA Nº 9 - SOLUÇÕES

Soluções

Solução é toda mistura homogênea de duas ou mais substâncias. São exemplos de solução:
Um pouco de sal misturado a água. Dizemos que o sal é o soluto, ou seja, a substância que está sendo dissolvida em outra. Este é um exemplo de sólido dissolvido em líquido.
Uma colher de álcool misturada em um copo d’água. Nesse caso, o álcool é o soluto e a água é o solvente. Aqui temos uma solução de um líquido em outro líquido.
Oxigênio dissolvido na água. Agora o soluto é o oxigênio a água o solvente. Trata-se de uma solução de um gás num líquido.
Se a solução apresenta pequena quantidade de soluto em relação à do solvente, dizemos que a solução é diluída. É o caso, por exemplo, de uma pequena quantidade de sal, 20 gramas, dissolvidas em 5 litros de água. Por outro lado, se a quantidade de soluto é relativamente grande, dizemos que a solução é concentrada. É o caso de 200 gramas de sal dissolvidos em 1 litro de água.
Não é possível acrescentar sal a água indefinitivamente. Se insistirmos, percebemos que a partir de certa quantidade, o sal começara a depositar no fundo (precipitar-se). Nesse caso, dizemos que a solução esta saturada. Solução saturada é aquela que não permite que se adicione mais soluto sem que este se precipite.
Podemos medir quão concentrada, é uma solução através da grandeza concentração, definida como a massa de soluto dividida pelo volume da solução.
Quando dizemos, por exemplo, que a concentração de sal em água é de 20 g/l, estará afirmado que 1 litro dessa solução irá encontrar 20 gramas de sal.

As salinas

Um litro de água do mar contém em média cerca de 30 gramas de sal. Os rios, correndo em seu leito, dissolvem parte do sal existente na terra e nas rochas. Quando o rio desemboca no mar, o sal se deposita nele, formando uma mistura de água e sal. Com o passar dos séculos e milênios, a água do mar fica cada vez mais salgada, pois a concentração de sal aumenta. Calcula-se hoje que, se retirássemos todo o sal do mar formaríamos uma montanha de 260 km de altura e cerca de 500 km de diâmetro na base. Mas como separá-lo da água para ser consumido em  nossas mesas? O que se faz é colocar a água salgada em tanques e aguardar que ela evapore. Assim, o sal bruto, que depois deverá ser refinado, sobra no fundo do tanque. A produção brasileira de sal concentra-se praticamente no Rio Grande do Norte (70%) e é de 2,5 milhões de toneladas por ano.
O sal já foi uma substância rara. Na Roma antiga, chegou a ser usado como dinheiro. Parte dos vencimentos dos soldados era paga com sal, o salarium, de onde se originou a palavra salário.

Centrifugação do sangue

O nosso sangue observado a olho nu forma uma mistura homogênea. 45% de seu volume são compostos de células: glóbulos vermelhos (a maioria), glóbulos brancos e plaquetas. Um fluido amarelado chamado de pasma compõe o resto do sangue, 95% do plasma é constituído de água e os restantes 5% são nutrientes, como a glicose, gordura, proteínas, aminoácidos, vitaminas e sais minerais.
A quantidade de sal presente no plasma é aproximadamente igual à da água do mar.



Observações:
Durante a leitura do texto o aluno pode perceber que as soluções estão presentes em muitas situações. Atitudes caseiras como preparar um suco artificial, fazer a dissolução de sal em água para temperar uma carne são exemplos de solução.
Na resolução das questões abaixo é necessário que o aluno leia com atenção o texto e lembre-se que para calcular a concentração comum de uma solução é necessário a utilização da unidade de medida especificada para a resolução. Caso o exercício mencione a resposta como sendo em g/L o aluno deve sempre colocar a massa do soluto, na unidade de medida de massa gramas (g) e o volume sempre em litros, caso a resposta tenha que ser em g/L.

Lembre-se:




Para fazer conversões utiliza-se de regra de três simples. Exemplo:

a) Converter 200 ml para litro.

 1000 ml ........................1 L
 200 ml .......................... x

Multiplicação cruzada.

1000 . x = 200 . 1
1000 x   = 200
         x   = 200/1000
         x   =  0,2 L


Questões:

1) Qual a origem do sal presente nos oceanos?

2) Aproximadamente quantos litros de água do mar são necessários para se obter 5 Kg de sal?

3) Calcule em g/l a concentração de uma solução de nitrato de potássio, sendo que em 500 ml de solução encontramos 88 g do sal.

4) Que quantidade de cloreto de sódio existe em 0,0003 m3 de uma solução cuja concentração é de 45 g/l?

5) Uma solução aquosa de álcool apresenta concentração de 200 g/l. se foram usados 40 g de álcool, qual o volume da solução em litros e cm3?

6) O que são respectivamente soluções diluídas, concentradas e saturadas?

7) Qual a massa de açúcar ingerida por uma pessoa ao beber um copo de 250 ml de limonada na qual o açúcar está presente na concentração de 80 g/l?

8) Por evaporação e purificação, um litro de água do mar fornece 27g de cloreto de sódio. Que volume de água do mar, em m3, precisa ser empregado para eu uma salina produza 1 tonelada de cloreto de sódio?

9) São dissolvidos 250g de cloreto de sódio em água suficiente para 2000 ml de solução. Qual é a concentração comum dessa solução?

10) 380g de açúcar foram adicionados a uma certa quantidade de água, obtendo-se uma solução 70g/L. Qual o volume dessa solução, em mL?   

11)  A concentração comum de uma solução é de 28 g/L. Determine o volume, em mL, dessa solução, sabendo que ela contém 75g de soluto.







Professor Ronaldo da Luz Silva - AIQ 2011 – Bons Estudos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...