quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

EXTRAÇÃO LÍQUIDO-LÍQUIDO

Separação de cobre do ouro


Matéria publicada na página:




Um dos experimentos didáticos mais interessantes feitos nesta disciplina, e que mostra a importância da aplicação desta técnica no isolamento de elementos de uma solução, é a separação de Cu(II) de Au(III) em meio de HCl 0,1 M.


À esquerda,  na solução inicial contendo a mistura verde, adiciona-se um pouco de éter etílico sem agitação.

O éter, por ser menos denso e insolúvel na água, fica na camada superior, incolor.

Após agitação vigorosa do funil de separação por 3 minutos e logo seguido de repouso por mais 3 minutos (foto à direita), a camada etérea, tinge-se de amarelo indicando a extração do ouro, enquanto a fase aquosa adquire tom azulado devido ao cobre.

Acima, as duas soluções aquosas [azul, Cu(II)] e etérea [amarela, Au(III)] separadas.

À medida que o éter evapora, aparece o AuCl3 na forma de um sólido amarelo.


O contraste das cores facilita muito a compreensão desta técnica e a sua potencial aplicação na extração de metais de seus minérios e de amostras em geral. 




Um comentário:

  1. Quem que usa AuCl3 para experimentos ?
    Se fazer isso no Brasil, os alunos consomem rapidinho

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...