domingo, 20 de maio de 2012

Luminol


A reação de quimiluminescência do luminol é responsável pelo brilho de lightsticks. A reação é usada por criminalistas para detectar vestígios de sangue em cenas de crime. Neste teste, o luminol em pó (C 8 H 7 O 3 N 3 ) é misturado com peróxido de hidrogênio (H 2 O 2 ) e um hidróxido (por exemplo, KOH) num frasco de pulverização. 

http://www.experimenten.nl/luminol.html

A solução de luminol é pulverizada onde o sangue pode ser encontrado. O ferro da hemoglobina no sangue serve como um catalisador para a reação de quimioluminescência que faz com que o luminol brilhe, portanto, um brilho azul é produzido quando a solução é pulverizada onde há sangue. 
Apenas uma pequena quantidade de ferro é necessário para catalisar a reação. O brilho azul tem a duração de cerca de 30 segundos antes de desaparecer, o que é tempo suficiente para tirar fotografias das áreas para que possam ser investigadas mais profundamente. 

Molécula de luminol é uma substância química criada em 1928 por H. O. Albrecht. É um produto que é preparado misturando-se o luminol propriamente dito, com uma substância à base de peróxido de Hidrogênio. Quando essa mistura entra em contato com o sangue humano, utiliza o ferro presente na hemoglobina como agente catalisador causando uma reação de quimiluminescência. Muito utilizado pela polícia cientifica, quando necessita saber se há vestígios de sangue em roupas, objetos ou lugares. 



Referências:
www.quimica.seed.pr.gov.br





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...