segunda-feira, 11 de julho de 2011

Química - Soluções, características e exercícios - Exercícios resolvidos.

Soluções

Solução é toda mistura homogênea de duas ou mais substâncias. São exemplos de soluções:

Um pouco de sal misturado em água. Dizemos que o sal é o soluto, ou seja, a substância que está sendo dissolvida em outra. Este é um exemplo de sólido dissolvido em líquido.

Uma colher de álcool misturada em um copo d’água. Nesse caso, o álcool é o soluto e a água é o solvente. Aqui temos uma solução de um líquido em outro líquido.



Oxigênio dissolvido na água. Agora o soluto é o oxigênio a água o solvente. Trata-se de uma solução de um gás num líquido.

Se a solução apresenta pequena quantidade de soluto em relação à do solvente, dizemos que a solução é diluída. É o caso, por exemplo, de uma pequena quantidade de sal, 20 gramas, dissolvidas em 5 litros de água. Por outro lado, se a quantidade de soluto é relativamente grande, dizemos que a solução é concentrada. É o caso de 200 gramas de sal dissolvidos em 1 litro de água.

Não é possível acrescentar sal a água indefinitivamente. Se insistirmos, percebemos que a partir de certa quantidade, o sal começara a depositar no fundo (precipitar-se). Nesse caso, dizemos que a solução esta saturada. Solução saturada é aquela que não permite que se adicione mais soluto sem que este se precipite.

Podemos medir quão concentrada, é uma solução através da grandeza concentração, definida como a massa de soluto dividida pelo volume da solução.

Quando dizemos, por exemplo, que a concentração de sal em água é de 20 g/l, estará afirmado que 1 litro dessa solução irá encontrar 20 gramas de sal.

As salinas

A extração da flor de sal em Mossoró, RN. FOTO: Filipe Araújo

Um litro de água do mar contém em média cerca de 30 gramas de sal. Os rios, correndo em seu leito, dissolvem parte do sal existente na terra e nas rochas. Quando o rio desemboca no mar, o sal se deposita nele, formando uma mistura de água e sal. 

Calcula-se hoje que, se retirássemos todo o sal do mar formaríamos uma montanha de 260 km de altura e cerca de 500 km de diâmetro na base. Mas como separá-lo da água para ser consumido em  nossas mesas? O que se faz é colocar a água salgada em tanques e aguardar que ela evapore. 

Assim, o sal bruto, que depois deverá ser refinado, sobra no fundo do tanque. A produção brasileira de sal concentra-se praticamente no Rio Grande do Norte (70%) e é de 2,5 milhões de toneladas por ano.

O sal já foi uma substância rara. Na Roma antiga, chegou a ser usado como dinheiro. Parte dos vencimentos dos soldados era paga com sal, o salarium, de onde se originou a palavra salário.

Para aprofundar sua pesquisa:
Saiba mais sobre sal.

http://blogs.estadao.com.br/paladar/tag/flor-de-sal/



Centrifugação do sangue

O nosso sangue observado a olho nu forma uma mistura homogênea. 45% de seu volume são compostos de células: glóbulos vermelhos (a maioria), glóbulos brancos e plaquetas. Um fluido amarelado chamado de pasma compõe o resto do sangue, 95% do plasma é constituído de água e os restantes 5% são nutrientes, como a glicose, gordura, proteínas, aminoácidos, vitaminas e sais minerais.

A quantidade de sal presente no plasma é aproximadamente igual à do mar.


Assistam ao vídeo abaixo, a Prof° Simone Morgado colabora também com nossa aula, explicando os conceitos relacionados as Soluções.





Questões:

1) Qual a origem do sal presente nos oceanos?

Explicação simplista.
Os rios, correndo em seu leito, dissolvem parte do sal existente na terra e nas rochas. Quando o rio desemboca no mar, o sal se deposita nele, formando uma mistura de água e sal.


2) Aproximadamente quantos litros de água do mar são necessários para se obter 5 Kg de sal?

Resolvemos por regra de três simples.
Aproximadamente, pelas informações do texto existem cerca de 30 g de sal para cada litro de água do mar.
1 litro...........................30 g
X..................................5000g

30. x = 5000
X = 5000/30
X= 166,66 litros de água do mar


3) Calcule em g/l a concentração de uma solução de nitrato de potássio, sendo que em 500 ml de solução encontramos 88 g do sal.

4) Que quantidade de cloreto de sódio existe em 0,0003 m3 de uma solução cuja concentração é de 45 g/l?

5) Uma solução aquosa de álcool apresenta concentração de 200 g/l. se foram usados 40 g de álcool, qual o volume da solução em litros e cm3?

6) O que são respectivamente soluções diluídas, concentradas e saturadas?

7) Qual a massa de açúcar ingerida por uma pessoa ao beber um copo de 250 ml de limonada na qual o açúcar está presente na concentração de 80 g/l?

8) Por evaporação e purificação, um litro de água do mar fornece 27g de cloreto de sódio. Que volume de água do mar, em m3, precisa ser empregado para eu uma salina produza 1 tonelada de cloreto de sódio?

9) (USJT-SP) O oxalato de cálcio é encontrado nas folhas de espinafre, nas sementes do tomate, e é um dos constituintes das pedras formadas nos rins (cálculo renal). Uma amostra (alíquota) de 25 cm3 de uma solução aquosa de oxalato de cálcio contém 0,2625g desse sal. Qual é a concentração comum de oxalato nessa solução?

10) São dissolvidos 250g de cloreto de sódio em água suficiente para 2000 ml de solução. Qual é a concentração comum dessa solução?

11) 380g de açúcar foram adicionados a uma certa quantidade de água, obtendo-se uma solução 60g/L. Qual o volume dessa solução, em mL?   

12)  A concentração comum de uma solução é de 28g/L. Determine o volume, em mL, dessa solução, sabendo que ela contém 75g de soluto.


Questões resolvidas:

















Professor Ronaldo - AIQ 2011 – Bons Estudos!

6 comentários:

  1. Poderiam liberar a resolução das questões?
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  2. Gostaria do gabarito por favor, pra conferir as respostas.... Muito grata.

    ResponderExcluir
  3. gostaria das respostas,porfavor

    ResponderExcluir
  4. muito bom, me ajudou bastante, obrigado !

    ResponderExcluir
  5. Obrigada! Foram otìmas questões.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...